MENU      
BUSCAR

Furtos de cabos elétricos trazem prejuízo aos produtores

Os produtores do Distrito Federal estão lidando com frequentes furtos nas propriedades. O alvo principal dos criminosos são os cabos elétricos que são usados nos pivôs de irrigação. Segundo o produtor rural Leomar Cenci, o prejuízo é imediato pois, para continuar com a produção, é necessária a aquisição de novos cabos. “Normalmente se gasta, dependendo do tamanho do pivô, mais ou menos de 15 a 20 mil reais”, afirma Leomar. Para colocar em funcionamento um equipamento de irrigação é necessário licenciatura, outorgas e a instalação. Ou seja, muito investimento.

- Assista essa matéria no nosso canal do YouTube. 

Além do investimento em novos materiais e instalação, o produtor rural, quando tem seu equipamento furtado, precisa esperar em até 20 dias para que o sistema volte a funcionar. Segundo Leomar, nesse caso, se houver culturas implantadas, principalmente em época de estiagem, o produtor perde cerca de 200 a 300 mil reais, em virtude de perda parcial ou total da lavoura.

De acordo com o superintendente da Federação da Agricultura e Agropecuária do DF, o policiamento das áreas rurais é tão escasso quanto o da cidade. “Dentro da cidade já falta policial militar, e no campo, muito mais”, reforça Carlos Alberto.

Para realizar este trabalho falta pessoal e material para dar mais segurança no campo. Atualmente, há apenas dois batalhões equipados para a demanda rural.

- Acompanhe o Tribuna Rural pelas Redes Sociais.

Fazer o boletim de ocorrência quando ocorre um furto é fundamental, pois ajuda a identificar a autoria do crime e as localidades com maior índice de incidência. “Quando os registros são feitos, conseguimos perceber que há uma autuação em comum naquela região e é possível tentar fazer um trabalho para identificar os autores”, afirma Jane Klébia, delegada da 6a DP.

 

Texto: Cecília Gelenske 

Imagens: Leonardo Novais 

image01
Endereço: SBS Qd 2 Bl A Ed Casa de São Paulo Sala 1106 Brasília-DF CEP 70.078-900 Redação: (61) 3039 1050 Comercial: (61) 3039 1258