MENU      
BUSCAR

Portfólio de Projetos Estratégicos do Mapa tem 85 resultados gerados no primeiro semestre

O Portfólio de Projetos Estratégicos Corporativos (Portfólio de PECs) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) gerou mais de 85 resultados de janeiro até junho de 2020. O Portfólio de PECs 2019-2022 é um conjunto de 16 iniciativas definidas e planejadas pela atual gestão do Mapa, com a finalidade de responder aos principais desafios do agro no Brasil. O documento foi elaborado com a participação ativa de todas as unidades administrativas do Mapa e de suas organizações coligadas. 

A Assessoria de Gestão Estratégica do Gabinete da Ministra, por meio da sua Coordenação de Escritório de Projetos, é responsável pelo acompanhamento e monitoramento dos resultados dos PECs. “O Mapa está melhorando ainda mais a sua gestão, principalmente no tocante à gestão de projetos. Esses resultados espelham essa melhoria na prática”, avalia o coordenador-geral da AGE/GM, Paulo Sérgio Fresneda. 

O diretor do Departamento de Gestão de Riscos e gestor do PEC da Secretaria de Política Agrícola, Pedro Loyola, considera que o resultado é fruto do planejamento da equipe de projetos. “Foi possível superar as metas de Promoção do Seguro Rural e levar inovações aos agricultores com o novo aplicativo do programa que melhora a qualidade dos produtos e serviços de seguro rural”. 

Já os PECs do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), da Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentaram resultados com foco em sustentabilidade. 

“A inclusão das atividades florestais na Cédula de Produtor Rural, abre um leque de oportunidades aos agricultores e produtores rurais e às empresas florestais, os quais, por meio deste instrumento, poderão ter maior acesso a oportunidades de financiamento de suas atividades produtivas, aumentando a competitividade de seus negócios no ambiente rural e florestal”, explica o diretor e gerente funcional do PEC do SFB, Paulo Henrique Carneiro. 

A Coordenadora-Geral de Aquicultura em Águas da União, Juliana Lopes da Silva, informa que o resultado do PEC da SAP reduz em 69% o tempo de efetivação da cessão de uso e que isso é um resultado importante para o aquicultor desenvolver sua atividade de forma ágil, regularizada e segura. 

Segundo o gestor do PEC da Embrapa, Samuel Telhado, o PEC InovaEmbrapa reporta mais de 70 parcerias de inovação firmadas com o setor produtivo. “Os parceiros potencialmente investirão R$27 milhões nos projetos [de pesquisa]. Trata-se de parcerias do tipo ganha-ganha onde o setor público e privado se beneficiarão mutuamente. Fica evidente a importância da ciência e tecnologia para a sociedade”, diz. 

Fonte: MAPA

image01
Endereço: SBS Qd 2 Bl A Ed Casa de São Paulo Sala 1106 Brasília-DF CEP 70.078-900 Redação: (61) 3039 1050 Comercial: (61) 3039 1258