MENU      
BUSCAR

Vazio sanitário da soja entra na etapa final e precisa ser cumprido conforme determinação

A Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e entidades representativas do agro, atendendo a pedidos de agricultores, conseguiram que a Agrodefesa antecipasse o fim do vazio sanitário em 6 dias em 2020. A decisão saiu no mês passado e a soja pode começar a ser plantada no dia 25 de setembro.

 No entanto é preciso reforçar a  reforça a importância de os produtores seguirem à risca o período de ausência total de plantas no solo. A medida é uma estratégia adicional no manejo da ferrugem asiática. Principais beneficiados são os produtores que, nos plantios de verão, farão menos aplicações de defensivos nas lavouras

O vazio sanitário (que começou no dia 1º de julho) é o período no qual não pode existir plantas voluntárias (tigueras) de soja no campo, principalmente nas áreas que foram cultivadas na safra de verão. O término, este ano, será em 24 deste mês conforme estabelecido na Instrução Normativa Agrodefesa nº 07/2020.

Conscientização

Um aspecto positivo verificado no cumprimento do vazio sanitário da soja este ano é que os produtores estão fazendo sua parte, eliminando as plantas tigueras das áreas de produção, o que é demonstrado com dados estatísticos de fiscalização. De um total de 1.144 operações de fiscalização realizadas nos meses de julho e agosto pela Agrodefesa, foram contabilizadas apenas 33 infrações, ou seja, menos de 3%. 

A solicitação

Quanto à antecipação da semeadura em seis dias, foi autorizada pelo Governo Estadual por meio da Agrodefesa, atendendo solicitação feita por entidades representativas de produtores como a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás – Faeg; Associação dos Produtores de Soja, Milho e outros grãos Agrícolas – Aprosoja-Goiás; Associação Goiana dos Produtores de Algodão – Agopa e Associação Goiana dos Produtores de Sementes e Mudas– Agrosem, que apresentaram justificativas técnicas após discussão do tema.

FONTE: FAEG

image01
Endereço: SBS Qd 2 Bl A Ed Casa de São Paulo Sala 1106 Brasília-DF CEP 70.078-900 Redação: (61) 3039 1050 Comercial: (61) 3039 1258